FISSURA LABIOPALATINA

O nascimento de um bebê com fissura labiopalatina requer atendimento multidisciplinar precoce para que essa criança se desenvolva da melhor forma possível. O fonoaudiólogo deve acompanhar esta família, logo que é feito o diagnóstico pré-natal. O acolhimento à gestante facilita o momento da alimentação logo após o nascimento, e o acompanhamento longitudinal do desenvolvimento do bebê auxilia no adequado desenvolvimento orofacial, de linguagem, audição, voz e fala. O trabalho fonoaudiológico preventivo minimiza a possibilidade de sequelas que exijam atendimentos frequentes ao longo da vida e prejudiquem a integração social desta criança.

LogoLiviaHorizontal.png